Pesquisar este blog

Carregando...

16 abril 2011

Saiba como funciona um GPS (Global Positioning System).

O GPs automotivo é um equipamento que pode ser instalados nos carros e tem a função de orientar o motorista, seja trançando rotas e inidcando o caminho ao até mesmo sinalizando os pontos de interesse. O GPS automotivo recebe o sinal GPS (longitude, latitude e altitude) e converte esses dados em informações que ajudam o motorista. Imagine que você está em um local desconhecido e vê algumas estradas a sua frente sem indicação de onde elas irão levá-lo. Com um GPS automotivo você receberia o sinal do satélite, veria sua posição, marcaria para onde você quer ir e ele iria traçar a melhor rota para você chegar. Para tudo isso, é claro, ele precisa estar com os mapas atualizados.
GPS automotivo da Aires, bastante conhecido no mercados de GPS para carros
Esse é um ponto que muitas pessoas ao comprar um GPS automotivo não levam em consideração: o preço das atualizações dos mapas usados pelos aparelhos para traçar as rotas.
Em alguns casos, ele pode ter que desembolsar a cada seis meses o equivalente a 10% do valor do aparelho. Hoje a tecnologia do GPS automotivo evoluiu tanto que alguns aparelhos podem até falar com o motorista enquanto ele dirige. Através da reprodução de voz digital, eles são capazes de indicar o caminho, os locais onde deve virar e o sentido, e informações diversas de pontos de interesse.
Entenda o que é GPS
GPS é a sigla em inglês para Sistema de Posicionamento Global (Global Positioning System). Trata-se de um sistema de navegação orientado por 24 satélites (12 em cada hemisfério) que orbitam em torno da Terra. Esses satélites viajam ao redor do planeta a uma distância de 20.200 quilômetros, perfazendo uma órbita completa a cada 12 horas. Criado com objetivos militares pelos Estados Unidos (para guiar e coordenar os lançamentos simultâneos de mísseis balísticos intercontinentais a alvos com acuidade de centímetros), o sistema hoje é comercializado e tem funções civis, embora ainda pertença ao governo americano. Equipados com relógios atômicos que têm precisão de bilionésimo de segundos, os satélites de GPS transmitem continuamente para estações receptoras na Terra sinais digitais de rádio com informações sobre a localização, altitude e hora exata. Para o GPS funcionar perfeitamente (sem interrupção) é preciso que o equipamento esteja em um local aberto, ao ar livre. Só assim os satélites podem enviar e receber o sinal dos receptores para determinar as posições e auxiliar o programa do navegador a traçar a rota.


Os navegadores GPS automotivos mais modernos também incorporaram outras funções multimídia deixando o produto ainda mais interessante como:
  • tela touch screen - toque na tela, selecionando funções
  • tocador de MP3 - você pode armazenar músicas e MP3 no navegador
  • álbum de fotos - você pode armazenar e reproduzir fotos na tela do navegador
  • alguns ainda tem reprodutor de vídeos - mas isso é contra a legislação de trânsito.
  • memorizam a posição de radares alertando ao motoristas quando ele está se aproximdando de um - essa função não é proibida pelo Código Brasileiro de Trânsito. O que ele não pode ter é um anti-radar, equipamento eletrônico sensível as ondas de rádio emitidas pelos radares de velocidade e muito menos, interferir nelas.
Os mais novos modelos de GPS automotivos lançados no exterior estão oferecendo mais um recurso para de facilitar a vida dos motoristas: é chamado "Lane Assistant", ou Assistente de Pista. Ele orienta o motorista a ficar na faixa certa da via em trevos e cruzamentos mais complicados, de modo a não deixar que ele erre um acesso ou saída - e tenha que fazer o retorno muitos quilômetros depois, para então retomar o caminho no ponto onde errou.
Funciona assim: além dos comandos de voz dando orientações do tipo "mantenha a esquerda", o GPS mostra na tela uma ilustração detalhada das pistas à frente.
O GPS automotivo com o Lane assistant evita que o motorista se posicione errado em complicados sistemas viários
Tal orientação visual é muito importante sempre que a mudança de pista seja determinante para que se tome o acesso correto num trevo complicado. Da mesma forma, a indicação sobre permanência em uma determinada pista é crucial para evitar que se atinja a estrada errada.
Uma tela de GPS automotivo com Lane Assistant 


O que é mais interessante é que as placas de sinalização desenhadas na tela são as mesmas que o motorista deve estar vendo à sua frente, com a sofisticação que somente a placa que leva ao destino correto é realçada. O sistema também auxilia em todas as conversões que exijam especial atenção.
No entanto, no Brasil mesmo que já estejam a venda GPS automotivos com lane assistant eles não vão funcionar a contento, auxiliando a mudança de pista enquanto as informações necessárias sobre as pistas e as placas não foram devidamente mapeadas e compiladas nos mapas.
Veja o funcionamento de um GPS na prática. O modelo é o AIRIS T920B




Nenhum comentário:

Postar um comentário